Estudar inglês nos Estados Unidos é o sonho de muita gente, e fazer intercâmbio em Nova York é ideal para quem quer combinar os estudos com a experiência e o contato com novas culturas e pessoas, afinal a cidade possui a maior diversidade cultural do mundo: aproximadamente 800 idiomas diferentes são falados em seu território.

Imagem

A capital do mundo é conhecida pela agitada vida cultural, abriga os principais musicais da Broadway, as maiores produções teatrais e serve de cenário para quase todos os filmes de Hollywood. Museus também contribuem bastante para a identidade cultural nova-iorquina.

O Metropolitan Museum Of Art foi o segundo museu mais visitado do mundo em 2012. As coleções são muito ricas e é possível contemplar obras de arte de diversos períodos da História, sem falar que a própria arquitetura já é considerada uma verdadeira obra prima. O museu é bem grande, por isso é recomendado pegar um mapa oferecido na entrada, sem ele você não verá nem metade do acervo que o Metropolitan tem a oferecer. Doações mínimas de US$1 garantem a visita.

Imagem

Bem ao lado do Central Park está o American Museum of Natural History, o maior museu de história natural do mundo abriga um acervo de relíquias da humanidade e objetos antigos que explicam a evolução humana. Serviu de cenário para o filme “Uma Noite no Museu”. Os ingressos também são doações.

Imagem

A Frick’s Collection é um museu pouco conhecido pelos turistas. Trata-se da casa onde morou um dos magnatas mais ricos da cidade na época da Primeira Guerra Mundial. Apaixonado por arte usou seu dinheiro para montar uma incrível coleção particular. A casa fica no Upper East Side, próximo ao Central Park, e passeios pelo bairro após a visita é uma boa opção. Aos domingos a entrada é “pay what you wish”.

Imagem

A Ellis Island é o símbolo da imigração para os Estados Unidos, era lá onde os imigrantes europeus chegavam após uma longa viagem de navio. O Ellis Island Immigration Museum é uma volta ao passado, com documentos, fotos originais e áudios que recontam a história desse povo que ajudou a construir Nova York. O mesmo barco que leva à Ellis Island leva para a Estátua da Liberdade.

Imagem

Sob a famosa ponte do Brooklyn encontra-se o Empire Fulton Ferry State Park, uma ampla área verde com uma das vistas mais bonitas de Manhattan e da Manhattan Bridge. O parque é ótimo para passeios ao longo do calçadão, praticar esportes ao ar livre ou até mesmo tomar um banho de sol. Próximo ao parque fica também a região de Dumbo (Down Under Manhattan Bridge Overpass), cheia de atrações alternativas e um comércio bem variado.

Imagem

O parque mais frequentado pelos nova-iorquinos, e não turistas, é o Riverside Park. Os passeios à beira do rio Hudson são muito agradáveis, e ainda é possível pedalar. Dá para ver barcos e veleiros navegando pelo rio, deixando a paisagem mais bonita. O parque permite a circulação de cachorros e mesmo assim é muito limpo, o que mostra o respeito que os cidadãos têm pelos espaços públicos da cidade.

A New York Public Library é uma das principais bibliotecas do mundo com mais de 20 milhões de livros. Entretanto, não é permitido o empréstimo de nenhum deles. Os livros só podem ser lidos nas dependências da própria biblioteca, o que não é um problema porque as salas de leitura são perfeitas. É possível combinar a ida à biblioteca com um passeio no Bryant Park, que fica bem atrás do prédio e conta com uma pista de patinação no gelo durante o inverno.

Imagem

A Broadway concentra pessoas do mundo todo e as melhores produções teatrais e musicais em mais de 40 teatros. O Majestic e o Winter Garden são as principais casas, já foram palco para o “Fanstasma da Ópera” e “Mamma Mia”. Na escadaria da Times Square é possível comprar ingressos com desconto, basta estar preparado para as longas filas.

Na cidade que nunca dorme a vida noturna não poderia ser mais agitada. A noite, como tudo em Nova York, é uma grande mistura de gostos. São inúmeras opções que vão desde os clubes mais procurados com DJs internacionais até bares undergrounds com música ao vivo e uma grande variedade de drinks. É importante lembrar que a maioridade em Nova York é aos 21 anos e os seguranças são bem rígidos na hora de permitir a entrada. Menores de 21 anos dificilmente conseguem entrar nas baladas e bares da cidade.

O metrô é o meio mais eficiente para se locomover pela cidade. O sistema não é dividido por zonas então não faz diferença se você viaja uma parada ou mais. A passagem custa US$2.50 e é possível comprar o Metrocard de uso ilimitado, que sai mais em conta. O metrô em Nova York funciona 24h por dia, apesar de depois das 22h a circulação de trens diminuir.

Realizar o sonho de estudar na América pode estar mais próximo do que você pensa. A Agência Mundi possui os programas de intercâmbio que mais combinam com você, venha já conferir nossas condições. Com a Agência Mundi, estudar em Nova York é mais fácil do que você imagina.

Tag:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *