Palácio de Versalhes 

versalhes2

O Palácio de Versalhes começou a ganhar corpo quando Luís XIV, chamado de Rei Sol, resolveu tirar o centro administrativo francês de Paris. Adotando como base um pequeno castelo usado como casa de caça por seu pai, Luís XIII, o rei transformou o local no maior e mais belo palácio da França, venerado e copiado no mundo todo.
O complexo paisagístico do local é cuidadosamente detalhado, composto por uma série de pequenos e estonteantes jardins, todos eles com traços geométricos que chegam a formar labirintos. Alguns jardins têm ao centro uma escultura ou fonte, sempre com temas greco-romanos.
São cerca 1.400 fontes e muitas esculturas de bronze. O eixo central dos jardins é o Grand Canal, um lago de quase de 2 quilômetros de comprimento, criado com o propósito de refletir o pôr do sol e formar mais uma das belezas de Versalhes. Pela janela central do hall de espelhos do palácio, os visitantes podem admirar a paisagem, com uma perspectiva que conduz o olhar pelo parterre de água até o horizonte.

versalhes

 

Tag: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *