Josimar é nosso consultor e sua história com intercâmbio começou em janeiro de 2015. Cansado da rotina do dia a dia, entrevistas mal sucedidas devido a falta do inglês, resolveu passar um tempo fora do Brasil para aprender. Mas até então sem saber por quanto tempo e para onde.

“Em conversa com amigos decidi ir para a ilha verde europeia: Irlanda!! O objetivo era aprender inglês e ainda de quebra dar um rolê pela Europa. Trâmites acertados e malas cheias de sonhos e pertences, foi em março de 2015 que desembarquei no aeroporto de Dublin, já sentindo os primeiros impactos que as mudanças climáticas/culturais causariam.”
 

dublin
“Dia após dia fui explorando a cidade. Comecei o meu curso de inglês. Estudava de manhã e procurava emprego pelas ruas do centro de Dublin à tarde, foi nessa época que conheci cada canto de Dublin, pois “rodava” muito a pé em busca de emprego, e com isso ia conhecendo pontos turísticos e outros locais típicos irlandeses.

Depois de dois meses ele começou a trabalhar em um “Homebase”. Ele estudava pela manhã e trabalhava até as 23hrs, com duas folgas semanais. Durante algum tempo a rotina foi essa, mas mesmo assim ele dava um jeitinho para aproveitar os Pubs e a Diceys.

Meses depois na Irlanda ele fez um curso chamado Safepass para poder trabalhar em construção, conseguiu um novo emprego e conseguiu guardar um bom dinheiro. 

“Comecei então a sentir a vontade de viajar, de conhecer outros países. Passei a pesquisar passagens aéreas baratas e passagens de trem. Após breve pesquisa eu resolvi passar o ano novo em Londres e de lá fazer uma trip sozinho pelo leste europeu. Foram 35 dias de mochilão pela Europa visitando e conhecendo um total de 14 países e finalizando a minha viagem em Marrocos.”

foto deserto

 
Ele conta que passou por muitas experiências boas e outras nem tanto, mas que fizeram ele aprender e crescer muito.

“No final das contas não voltei nem melhor nem pior, mas muito diferente.”

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *