Uma das maiores responsabilidades e desafios durante o intercâmbio é justamente cuidar bem do seu dinheiro e fazer com que ele dure até o final da sua experiência e, assim, evitar qualquer contratempo. Pode parecer uma tarefa difícil, mas com as atitudes certas você aproveitará o máximo da viagem sem passar aperto no bolso. Veja a seguir algumas dicas:

1. Planejamento

Planejar-se no intercâmbio é um dos grandes segredos. Definir uma quantia média para gastos semanais pode ajudar a economizar bastante. Faça listas de compras indispensáveis, como comida e remédios, e veja quanto sobra para gastos supérfluos. Organização e economia caminham juntas. Policie-se!

Lista de compras

2. Passagens

Antes mesmo de viajar já é possível colocar a economia em prática. Na hora de comprar as passagens aéreas não se deixe levar pela preguiça. Pesquise todas as opções disponíveis e procure ser flexível com as datas, suas chances de encontrar um voo mais barato se multiplicarão. Viagens com escalas tendem a ser mais baratas, por isso, não fuja delas e no final você verá a diferença. Ser fiel a uma companhia aérea também ajuda muito nessa hora, há sempre promoções e programas de milhagens para clientes cadastrados com ofertas que podem até sair de graça.

Airplane Ticket Invitation Printable - Birthday Party, Paper Airplane, Plane, Lemon Drop Shop

3. Alimentação

O melhor jeito de economizar com alimentação é colocando a mão na massa. Evite comer fora de casa todos os dias e faça sua própria comida. Com a sua lista de compras indispensáveis feita, pesquise os preços em diferentes mercados e veja onde vale mais a pena comprar cada produto. Conheça todos os supermercados da região em que você mora, assim, você sempre fica por dentro das promoções. Alguns estabelecimentos possuem a seção “reduced”, onde produtos próximos da data de validade, mas ainda em bom estado, são vendidos com desconto e chegam até a metade do preço.

A customer pushes a shopping cart past signs displaying goods at reduced, buy one get one free (BOGOF), or half-price, inside a Tesco Extra ...

4. Transporte

Use e abuse do transporte público. Além de conhecer melhor a cidade, você economizará muito dinheiro com o aluguel de carro ou com táxis, por exemplo. Pesquise as tarifas para cada modal de transporte e veja qual a melhor forma de pagar pela integração entre eles. É comum em algumas cidades a venda de cartões com viagens semanais e mensais com suporte a integração, normalmente mais baratas do que as passagens diárias. Procure a alternativa que mais se enquadra no seu dia-a-dia.

bus stop sign

5. Diversão

A vida no intercâmbio não é só de estudos, certo? Na hora de se divertir também é possível – e necessário – economizar. Priorize atividades culturais e de lazer gratuitas. Não faltarão museus, exposições e pontos de encontro onde tudo o que você precisará para entrar é vontade de ir e conhecer o novo. Ainda que seja necessário pagar pela entrada, lembre-se sempre de pedir o desconto para estudantes quando possível. A maioria dos bares e restaurantes oferecem o “Happy Hour” em determinados dias da semana, aproveite-as para comer e beber de forma mais econômica. Reunir os novos amigos em casa é também outro jeito de se divertir sem ter que gastar muito.

 

Tag: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *